Reuniões remotas e presenciais: quais as diferenças?

Reuniões remotas e presenciais: quais as diferenças?

Com a tecnologia cada vez mais evoluída, a maneira como lidamos com nosso trabalho também passou a mudar. Entre as diversas transformações tecnológicas, a forma como realizamos reuniões.

Um estudo recomendado pela Microsoft ao IBOPE indicou que 85% dos profissionais brasileiros consideram que a experiência de realizar uma reunião remota já não deixa nada a desejar em relação a encontro presenciais.

De acordo com a pesquisa:

  • Profissionais entre 25 e 34 anos são os que mais realizam reuniões à distância;
  • 47% dos entrevistados afirmaram participar desse tipo de reunião.

Mas afinal, quais as grandes diferenças, vantagens e desvantagens entre reuniões remotas e reuniões presenciais? Neste post abordaremos esse assunto!

Reuniões remotas

  • Podem ser feitas a qualquer hora, em qualquer lugar;
  • As possibilidades multimídias dão um toque diferenciado à experiência;
  • Os participantes não precisam se deslocar até o local onde a reunião vai acontecer;
  • Conecta clientes, fornecedores e colaboradores ao mesmo tempo;
  • Dados e informações podem ser compartilhados com todos os participantes de forma imediata;
  • Não há chances de interrupções;
  • No entanto, reuniões remotas podem ser consideradas impessoais e trazer dificuldades para interpretar e observar a linguagem corporal dos participantes de forma clara.

Reuniões presenciais

  • Precisam ser marcadas com antecedência e depende da possibilidade de todos os participantes;
  • É preciso levar o conteúdo/material a ser apresentado;
  • É necessária uma viagem/um deslocamento dos participantes;
  • Tudo depende da agenda dos colaboradores;
  • Requer um espaço físico adequado para acomodar as pessoas;
  • No entanto, uma reunião presencial é bem mais pessoal. Dessa forma, é possível observar e interpretar a linguagem corporal dos participantes, o que pode ser bastante útil.

Ambos os tipos de reunião são importantes e têm vantagens e desvantagens! Ademais, para ambas existem maneiras adequadas de agir.

A seguir, vamos dar algumas dicas de como se preparar para uma reunião:

  • Pontualidade: é fundamental e indica um sinal de respeito com participantes;
  • Prepare-se: o domínio do assunto a ser tratado torna a reunião mais produtiva, então estude e pratique aquilo que vai apresentar/discutir;
  • Foco no que é necessário e indispensável. Reuniões sem foco definido geralmente resultam em discussões que duram horas e não chegam a nenhum resultado,
  • Escolha correta de ferramentas.

Por conta das vantagens de ambos os modelos de reunião, é preciso saber exatamente quando o encontro físico é necessário, assim como também realizar a escolha certa das ferramentas.

O Microsoft Office 365 oferece diversos meios para realizar, auxiliar e marcar reuniões presenciais, como o Teams e o Outlook!

Dê um passo para o futuro e clique aqui para conversar com um dos nossos consultores!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *